Diário de um cabelo ressecado

Faço luzes desde os 14 anos de idade e sempre tive as pontas ressecadas por causa da química, mas esse inverno de Porto Alegre fez o meu cabelo ficar seco como nunca antes na história dessas madeixas. Imagino que uso de aparelhos que tiram a umidade do ar como o ar-condicionado e da estufa, além do uso do secador, também interfere no ressecamento do cabelo com química, mas acontece que eu sempre dava um jeitinho nele usando óleos e silicone nas pontas para compensar.

Dessa vez, não deu certo, passei tudo que era finalizador (Marocconoil, óleo da Kérastase, silicone), passei xampú com óleo de argan, fiz hidratação caseira, passei xampú pra limpeza profunda (pensando que o cabelo podia não estar mais absorvendo nada depois de tanto produto) e ele seguiu firme e seco, terror e pânico.

Como todos os meus recursos caseiros falharam, tive que ir pra uma opção mais drástica, a tesoura. Resolvi dar uma cortada, três dedos, nada revolucionário. No salão conversei com a querida – e salvadora – Andrea Vals, cabelereira do Hugo do Shopping Moinhos, e foi ela quem me deu três opções (com diferentes ações e preços) para resgatar o meu cabelo. Escolhi a opção intermediária (no quesito preço e hidratação) por recomendação da própria Andrea, e fico imaginando, se o meu cabelo – terror e pânico – não era caso de hidratação máxima, qual seria?

As três sugestões da Andrea Vals foram devidamente anotadas, com preços, nomes e finalidades para vir pro blog. Ah, e eu fiz a segunda opção, a máscara Penetraitt da Sebastian,  e vou fazer de novo da próxima vez que sentir meu cabelo ressecado, pois ficou bem bom.

1- Máscara da Kérastase: a primeira opção era fazer uma hidratação superficial com uma máscara da Kérastase. Eu descartei de cara, pois apesar de amar as máscaras da marca, em especial a Chroma Richie, eu precisava de algo mais “forte”. No salão a aplicação desse produto custa em média 42 reais e a máscara em si (para levar o pote para casa) custa em média 170 reais. Acho que vale mais a pena comprar uma dessas e usar em casa (uma vez por semana durante o banho).

2- Penetraitt da Sebastian: A segunda opção era fazer uma hidratação com a máscara de reparação da Sebastian que se chama Penetraitt. Ela é indicada para quem tem/está com o cabelo danificado e ajuda a fortalecer o fios. A aplicação pode custar de 90 até 150 reais dependendo do tamanho dos fios, no meu caso custou 110 reais. Depois de cortar fiquei uns minutos com ela no cabelo (que a assistente prendeu em rolinhos) em baixo daqueles secadores de luz. Acho que o calor ajuda a penetração do produto nos fios. Gostei que a aplicação não demora muito, acho que fiquei no máximo 15 minutos, e não dá aquela “agonia” de não ir embora nunca do salão (sim, até eu canso de ficar muito tempo por lá). A cabelereira recomenda usar o Penetraitt pelo menos uma vez por mês. Bem que eu queria!

3- Quimi Repair da Redken: A terceira e última opção era mais cara, mais demorada, mas segundo a Andrea, a que mais hidrata e restaura o cabelo danificado. Esse tratamento é indicado para cabelos sensibilizados por processos químicos e tem a função de reconectar os aminoácidos dos fios. A aplicação demora um pouco mais (pelo que eu li demora pelo menos 25 minutos para passar por todas as etapas, sem contar a lavagem e o secador), e custa de 150 a 250 dependendo do tamanho do cabelo. A cabelereira indica que se faça esse tipo de hidratação com intervalo de 45 ou 60 dias (em um mundo ideal).

foto (54)

Dia de salão para ressucitar um cabelo ressecado e danificado;

Anúncios
Esse post foi publicado em cabelo, cosméticos, dica do blog, Uncategorized e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s